textos Vai, Gordinha!

Vai, gordinha! – Um papo sobre aparência

16/07/2015

Desde muito nova, sempre fui encanada com a minha aparência. Me preocupava se era gorda demais, feia demais, dentuça demais, espinhenta demais.

Mas o que mais me incomodava, era o fato de eu estar sempre gordinha. Em todos os meus anos de adolescência, eu lembro de sempre ter tentado uma dieta ou de ter ido em algum nutricionista ou endocrinologista novo. Mas é claro que eu sempre desistia no meio do tratamento – se posso chamar assim. Eu achava que eu precisava estar magra e esbelta para que as pessoas me aceitassem. E, infelizmente, não era só eu que achava isso. Muitas garotas que estão na adolescência ou então que tem a minha idade mesmo, ainda achavam que precisam seguir esse padrão para serem felizes. Até que um dia, depois de passar por um endocrinologista e ele me receitar um remédio que me deixou sem fome e bem depressiva, resolvi desencanar dessas coisas.

Esse post não é uma cagação de regras em cima da cabeça de ninguém. Claro que você pode emagrecer e mudar aquilo que te incomoda, o que quero dizer é que você é linda, sim, independente se for gordinha ou magrinha.

Vivi muitos anos em função de tentar emagrecer para agradar as outras pessoas. Mas a verdade é que eu acho um verdadeiro PORRE ter que me controlar toda a santa vez que eu quero comer algo mais “gordo”. Acho um verdadeiro porre ficar controlando as calorias nas embalagens. E eu sei exatamente o que você tá pensando! “É por isso que tá gorda!”. Tô mesmo. E quer saber? Foda-se! Comer é muito melhor do que ficar passando fome e vontade. A vida é curta para passar vontades.

“Mas Pri, se você não curte dietas, por que tá na academia?” Aí que tá a diferença. Eu parei de buscar a academia por questões estéticas. Hoje, eu faço por motivos de saúde e, gente, vejo cada dia uma melhora nova! Melhorou meu sono, meu humor, minhas dores nas pernas e nas costas. Minhas veias das pernas estavam ficado saltadas e doloridas e hoje não sinto mais isso. E, quando você busca academia para o seu bem estar, é muito diferente do que aquela obrigação de emagrecer e ficar em função de estética, de ser magra e entrar numa calça 38!

Viva o 44/46! Viva e coma! Viva e seja feliz! É tão clichê, mas, sim, um dia terá uma pessoa que gostará de você exatamente do jeito que você é, e ele(a) não ligará para os furinhos da sua bunda ou pras estrias da sua perna. Não ligará para seu peito pequeno ou pra sua barriga que cai pra fora da calça. Viva apenas, mas não esqueça de cuidar da saúde!

E ah, auto estima baixa também não vale! Aproveite e ressalte aquilo que você gosta em você, porque (lá vem o clichê número 2) você tem que se gostar e se amar primeiro. Se maquie por você, não pelos outros. Coloque uma roupa legal por você e não pelos outros. Viva por você e não pelos outros. Liga o foda-se para a opinião dozotro e se joga, amiga! 😉

Um adendo: Esse pensamento de hoje é graças ao meu querido gordo. Depois de muitos anos, ele me mostrou que o que realmente importa é ser feliz. E ele está comigo porque gosta de mim do jeito que sou. Me libertei de muitas coisas, e sou tão grata a ele por isso! <3

20150710_191342

Carão com batom vermelho, sim. Foi uma das coisas que aprendi a valorizar em mim! 🙂

***

Acompanhe o Stuck on Them: Facebook | Twitter | Instagram | YouTube

You Might Also Like

2 Comentários

  • Reply Chell 29/10/2015 at 10:15

    Está certíssima!! Ser feliz tem que ser a prioridade número 1 da nossa vida, e não ser magra. É só vc ver fotos de padrões de beleza e ver como eles mudam com os anos, é tudo uma questão de mídia. Ser saudável, não importando como você aparenta é o que conta =D

  • Reply Paty 29/10/2015 at 11:39

    “Comer é muito melhor do que ficar passando fome e vontade. A vida é curta para passar vontades.”, hahahahahahahaha, meu avô sempre me falava isso! E quando minha mãe brigava porque eu pegava um pacote de bolacha (biscoito? hahaha), ele soltava “deixa a menina comer, não vai passar vontade e vai ser feliz”, hahaahhahaha.

    Eu tenho o mesmo pensamento que você, praticamente idêntico. Durante muitos anos eu fiz regime para tentar me encaixar e porque achava que ninguém ia gostar de mim, mas depois eu saquei que não é assim que funciona. E se você se aceita e é feliz, você passa essa energia boa e isso é o que atrai as pessoas! Não adianta fazer dietas milagrosas, emagrecer sem saúde e acabar doente, porque não é aparência que vai trazer o amor pra você (em todas as formas, romântica, amizade, etc). Amor atrai amor <3.

    Também estava frequentando a academia, pela saúde mesmo, e senti uma diferença gritante! Eu não conseguia andar 100 metros sem ficar sem fôlego, morrendo… Hoje em dia, ando pra cima e pra baixo e fico tranquila! Minha insônia foi pro beleléu e meus pés inchados por causa do calor seguiram junto, hahahahaha. Tive que fazer uma pausa por causa de umas coisas que aconteceram e estava sem tempo, mas já estou programando meu retorno, especialmente à natação, que ganhou meu coração disparado <3

    Viva por você e não pelos outros! Melhor frase do mundo <3.

    Beijo :]

  • Leave a Reply