Vai, Gordinha!

Vai, Gordinha! – a tentação do bacon

28/02/2015

Praticamente um mês se passou desde que eu fiz minha inscrição na academia Motricidade. Tem sido fácil? Não. Não tô falando pelo fato de ‘ir à academia’, mas pelo fato de eu me forçar a fazer algo, me mexer.

Em agosto/setembro do ano passado, quando eu estava farta de ser gorda, mas não tão obstinada a perder peso ou fazer qualquer atividade física, resolvi procurar uma nutricionista. Quando eu cheguei lá, recebi a pior notícia de minha vida: eu havia entrado na casa dos três dígitos e já estava com obesidade 2 (para quem não sabe, ela é severa. E aos curiosos de plantão, eu estava pesando 114 kg). Claro que, quando eu soube disso, minha vontade foi sentar na calçada e chorar até não poder mais mas: 1) isso não iria adiantar e 2) sou chorona, mas não tanto.

Eu entrei em dieta, cortei algumas coisas, substitui outras… fui adaptando da melhor maneira que minha rotina deixava. Fazer atividades físicas? Jamais. Eu ia do trabalho, pra UFSCar, pra casa e não achava um horário que eu poderia encaixar uma academia em minha rotina.

Eu não sei como nem quando consegui, mas nessa dieta da nutricionista (mais nervoso de TCC e final de ano da faculdade), consegui perder uns 10 quilos mais ou menos, chegando para 104 kg. E essa foi a última vez que me pesei. E nisso eu parei de ir a nutricionista, parei de fazer qualquer coisa pra emagrecer – pois eu já estava gorda e não tinha vontade de fazer nada para reverter o caso. Eu tentei me aceitar como plus size o máximo, fiz de tudo, mas olhar fotos antigas me dava aquele aperto e aquela vontade de chorar. Frustrante.

Passou TCC, passou faculdade, passou natal e ano novo, passou formatura (e veio as dores nas costas, nas pernas e as temidas varizes)… Passou um mês que eu fiz a inscrição na academia (peguei firme mesmo faz umas 3 semanas, vai…). Isso pra mim já uma vitória, pois todas as vezes que eu tentei fazer algo ou voltar para a academia, não passava de menos de um mês e eu cedia a tentação da procrastinação.

Hoje o post é especial, pois acabei de fazer minha avaliação física (e queria agradecer à Jessica toda a atenção e paciência com minha tagarelice e perguntas, fora a força que ela está me dando para alcançar o novo objetivo traçado). O resultado foi que: sai da casa dos três dígitos – estou com quase 98 kg. Estou com uma porcentagem de gordura corporal de quase 41%, ou seja, tá bem alta pro meu peso (eu meço 1,63m). A meta que a Jessica estabeleceu para mim foi de reduzir minha porcentagem de gordura para 30% até maio (e com isso, vou perder peso também, vai chegar nos 87 kg, mais ou menos, e se tudo der certo – e espero que dê!!!).

E nesse tempo eu percebi algumas coisas: não importa o quanto foi ruim meu dia, se ele me deu uma dor de cabeça insuportável, a academia vai me ajudar a extravasar tudo o que preciso. Vai ter dias que eu vou querer desistir, que vou desanimar, que vou querer enfiar o pé na jaca e me acabar no bacon e na batatinha frita… mas é importante sempre lembrar o bem que aquilo vai trazer pra minha saúde (e emagrecer vai ser consequência do meu esforço e da minha força de vontade) e que eu NUNCA devo agir por impulso, pois o arrependimento vai ser grande, sim.

Em um mês eu:
– Tive dores, MUITAS dores. Nos braços, nas pernas, no pescoço, em quase todas as articulações do meu corpo e dos músculos.
– Tive vontade de parar e largar tudo.
– Mas também tive vontade de continuar e poder ir mais vezes na semana.
– Percebi que vai ser um longo trabalho, mas que respirar fundo e meia hora de elíptico são sagradas.
– Academia de sábado não é bicho de 7 cabeças e é até melhor (menos gente).
– Não curti o Guaraná Jesus. Gente, sério, não foi bom pra mim e devo cortar os refris logo de uma vez.
– Franjas não são legais para fazer academia (o cabelo curto também não ajuda).
– Conheci pessoas legais. 🙂
– Percebi que preciso arrastar o Tico comigo logo!

20150228_180224-1

Foto no espelho sim. Cansada, suada e.. feliz 🙂

Bom, acredito que é isso o resumo desse período. Pretendo voltar logo e falar mais ou menos como funciona meu treino e o que vou e pretendo fazer com a minha alimentação. E queria agradecer quem está me apoiando nisso. As mensagens no outro post me deixaram muito feliz e emocionada! Em rumo ao lado ~não tão gordo~ da força! o/

You Might Also Like

9 Comentários

  • Reply Rafa 28/02/2015 at 19:21

    GOGOGO PRI!!!

  • Reply Ingrid Saldanha 28/02/2015 at 19:58

    Oi Priscila, parabéns pela determinação e esforço.
    Realmente nenhuma mudança é fácil, mudar um hábito ou até mesmo criar um é muito mais complicado do que imaginamos, mais acreditando em nós podemos ir muito além do esperado!
    Tive que mudar meus hábitos alimentares por causa de colesterol alto que, no meu caso é hereditário, e acabou sendo muito mais difícil no começo do que eu imaginava, mais agora já faz mais de um ano que está controlado e ainda não tive que tomar remédio para isso.
    Tudo de bom pra você nesta caminhada…
    Beijos!

    • Reply Priscila Guerra 01/03/2015 at 17:27

      Olá, Ingrid!
      Obrigada pela força!

      Acho que, tanto para emagrecer, para engordar ou controlar algo problema de saúde, é difícil. Já vi gente que precisava engordar, começou a academia e foi muito mais difícil de conseguir o objetivo.
      Quanto a problemas de saúde, acho que é ainda mais complicado – e se eles não forem controlados, podem ficar piores e/ou levar a outros problemas.

      Fico feliz por vocês estar bem! 😀
      Beijos!

  • Reply Jéssica Amorim 28/02/2015 at 22:56

    Primeiramente gostaria de parabenizá-la por seu feito até aqui. Gostaria de dizer que seus posts vem me fazendo ter um pouco mais de força de vontade pra emagrecer. Muito obrigada!!!!
    E queria dar uma sugestão (talvez vc já tenha falado sobre isso e eu não vi) tem um aplicativo que chama My Fitness Pal e nele vc controla as calorias que vc ganha e perde durante o dia. É um grande aliado pra essa fase (:

    • Reply Priscila Guerra 01/03/2015 at 17:29

      Jéssica, eu fiquei MUITO feliz de ler seu comentário. É realmente muito legal saber que esses post simples (e escritos na correria) estão te ajudando! Espero que você também consiga alcançar seu objetivo! 😀

      E muito obrigada pela dica de app! Vou dar uma olhadinha, ver como funciona e postar aqui também!

      Beijos e boa sorte!

  • Reply Paola 28/02/2015 at 23:46

    Fooorçaa Pri.
    Ansiosa pelos próximos posts <3

    Beijocas :*
    @pirulitolimao

  • Reply Tatiana Maslova 14/03/2015 at 15:46

    Oiiii! Parabéns por ter chegado até onde você está e muita sorte e perseverança para alcançar tudo mais o que desejar com relação ao seu peso. Eu nunca comento nada =x, sorry!! mas quando vejo alguém que passa pela mesma batalha que eu fico feliz e quero compartilhar minha vida por ai 🙂 #alouca.

    Comecei minha dieta e exercícios com 110 kg. Foi sofrido, duro, difícil, desisti,chutei o balde mas agora voltei e estou firme e forte. Acho tão legal fazer isso por nós mesmo, se amar mais não importa como estamos. Eu não me sentia bem com o meu peso, olhando as minhas fotos da formatura vejo que poderia ter começado a me cuidar antes. Agora meu foco é o casamento, vivo falando para as minhas amigas que não gostei tanto assim das minha fotos de formatura,mas no meu casamento, ainda sem data, vou tirar tantas que todos ficaram enjoados de mim.

    Hoje estou com 87, já perdi 23 kg / a meta é perde mais uns 25 kg. Tenho 1,65. Uma coisa que me ajudou bastante foi criar um instagram com minhas amigas da internet e postar as receitas aprendidas, dividir as dores e as dificuldades no nossos grupo do whatsapp e aprender que a cada dia que passa vai ficando mais fácil e vamos gostando ainda mais de si. O nosso instagram é @belezafit89

    beijos e boa sorte :*

  • Leave a Reply