textos

Ser feliz com suas escolhas

16/06/2016

Seguir padrões nunca foi meu forte. Nunca gostei de vestidos, de coisas florais, nunca quis ser “a fofa”. Na escola, gostava de ficar na minha, de ouvir minhas músicas, de idolatrar minha banda. Curtia os cintos de rebites, cabelos vermelhos, maquiagens nos olhos. Sentia que o povo olhava meio torto, não era aceita no “selo de beleza” da escola, pois o que era bonito pra mim, não era bonito para a maioria. E é assim até hoje, certo? Só que com uma diferença.

Eu passei a pensar diferente, a me aceitar do jeito que sou. Floral nunca vai fazer parte do meu guarda-roupa MESMO, já que eu realmente não faço o estilo, nem roupas muito coloridas e brilhantes, cheias de paetês, nem saltos 15. Passei a me importar menos, bem menos. Já ouvi que por gostar muito de jeans e camiseta, parecia que eu andava uniformizada, pois eu não variava, não usava um shorts, nem uma rasteirinha ou uma regatinha.

O que começou realmente a valer, foi o MEU conforto. Eu não sou obrigada a ser padronizada por ninguém, nem a seguir as tendências loucas de moda. Sou apenas obrigada a manter meu caráter, meu “eu” e me sentir bem no dia a dia. Se eu gosto e me sinto bem, ok. Não vai ser uma ou outra pessoa que vai me desmotivar a ser quem sou por conta de algo que NEM da conta dela é.

Conforme a idade vai passando, você vai perceber o quanto de coisas que deixou de aproveitar pelo simples fato de se importar demais com a opinião dos outros ou por conta de um padrão de beleza bobo. A beleza está em cada uma de nós, em cada peculiaridade, detalhe. Bonito mesmo é fugir dos padrões e ser feliz com suas escolhas! 😉

Vermelho, sim! A melhor cor! #redlipsday2016

Uma foto publicada por Priscila Guerra (@priscilapguerra) em

 

***

Esse texto faz parte da blogagem coletiva do #RedLipsDay2016, um projeto lindo promovido pela Mulher Vitrola! Conheça mais sobre o projeto!

***

Acompanhe o Stuck on Them: Facebook | Twitter | Instagram | YouTube

You Might Also Like

Sem comentários

Leave a Reply