Tags

22 coisas que aprendi com 22 anos

23/03/2015

22anos-1

Oi pessoal!
Estou passando por um período de ~bloqueio criativo~, além de outras coisas que estão me deixando bem desanimada. Isso tem me prejudicado com a regularidade das postagens, infelizmente.

Porém, semana passada, eu estava visitando os blogs que amo de paixão e vi que a Fran, do Morando Sozinha, respondeu a tag “22 coisas que aprendi com 22 anos” e eu resolvi respondê-la também! 😀

Já faz um tempinho que fiz 22 anos (meu aniversário foi em agosto), porém acredito que ainda é válido. 😛 Vamos lá?

1 – Concorrências: quando estamos prestando vestibular, lidamos com a concorrência de uma maneira que exerce uma pressão psicológica muito grande. Desde então, vi que esse tipo de coisa faria parte do meu dia a dia: seja em um trabalho em grupo, seja na hora de escolher um orientador. Quando vamos para o mercado de trabalho, isso piora e muito. Percebi que sempre vai ter uma pessoa que vai tentar atrapalhar as suas escolhas, que vai tentar “por o pé na sua janta”. Eu precisei ser forte e me dedicar ao máximo para continuar, me destacar e conseguir o melhor pra mim! 🙂

2 – Amigos são pessoas raras. Digo isso porque já lidei com muitas pessoas falsas e que só interagiam comigo por puro interesse (e a tonta aqui demorou para começar a notar isso…). Mas, também, conheci pessoas maravilhosas ao longo dessa minha vida. Se você tem amigos de verdade, preserve-os!

3 – Colegial era uma época “ruim” mas também era uma época boa. Sinto tanta saudades do tempo em que eu tinha 16 anos

4 – Porém, a sensação de liberdade e independência são as melhores coisas.

5 – Tempo livre é coisa rara. Desde que comecei a trabalhar, os únicos dias que tenho para fazer algo legal/diferente/estudar é no final de semana. Como estudo de sábado, nem aos finais de semana aproveito direito quase…

6 – É tão fácil engordar e não perceber.

7 – Comecei a gastar muito mais com perfumes, roupas, sapatos, cosméticos. E eu jurava que não seria uma louca das compras… foi inevitável e gastar é uma terapia! 😛

8 – Os sonhos mudam, as vontades também.

9 – Aliás, a cabeça muda. Suas percepções e ideias sofrem alterações a partir do momento em que você se permitir para novas oportunidades e concepções. Aquilo lá que você acreditava quando era adolescente, na verdade, não é beeeem assim não..

10 – O melhor passeio de todos é aquele que envolve comida e boas risadas.

11 – Tem dias que você não vai querer ficar na frente do computador e vai querer “sumir” do mundo. É normal e saudável.

12 – O amor chega. Seja com 18, 20, 30… ele chega. Você não precisa se desesperar, ficar achando que vai ficar sozinha pra sempre… tudo acontecerá naturalmente.

13 – Aliás, se tem uma coisa que eu aprendi foi que tudo acontece naturalmente mesmo. Eu sempre sofro por antecipação, fico nervosa, mas se for pra acontecer, vai acontecer e seja para coisas boas ou ruins. É a vida. E o mesmo vale para criar expectativas.

14 – Tem uma hora que você vai cansar de ficar parada no mesmo lugar. Eu tô numa fase estranha de querer mudar de vida, de cidade (já que São Carlos está cada vez mais abandonada e não tem nada de atrativo).

15 – Sim, o tempo só melhora a gente.

16 – Aprendi que tudo que estudei e me esforcei lááá atrás, vai fazer a diferença no futuro, sim. Quando seus pais brigarem com você para estudar, ouça eles. Eles têm razão.

17 – Não deixar as coisas para depois. A velha história da procrastinação pode ser um pouco prazerosa no começo, mas dependendo o que for, vai virar uma bola de neve e sim, você vai ficar atoladíssima com várias coisas para fazer depois (e nisso, eu incluo os trabalhos da faculdade e TCC!).

18 – Nunca ficar sem uma graninha guardada. É como a minha mãe sempre diz: nunca se sabe o que pode acontecer.

19 – Aliás, quando você começa a ganhar seu próprio dinheiro e começa a ter uma certa independência financeira, você passa a ver as coisas que precisa comprar com outros olhos e começa a dar mais valor pelo seu dinheiro. Tem mês que fico morrendo de comprar alguma bolsa da Kipling, mas eu sei que não posso (principalmente agora que estou começando a fotografar pra fora e preciso de equipamentos). Infelizmente, são coisas e escolhas que você vai fazer na vida.

20 – Às vezes me sinto velha demais. Em outras vezes, nova demais.

21 – O medo de arriscar e tentar coisas novas só dificultam o caminho. Tome logo sua decisão e arrisque. Se for uma boa ou má decisão, pelo menos você terá experiências.

22 – Nunca desistir dos sonhos foi algo que sempre acreditei. Pode ser meio difícil às vezes, pode acontecer um monte de coisas que não “estavam previstas”, mas no fim, tudo dá certo. A vida é meio amarga demais às vezes e é muito ruim não sonhar e não fazer algo que se tem vontade! =)

Bom pessoal, foi isso! Espero que vocês tenham gostado e não deixem de comentar com quais das coisas vocês se identificaram! Vou deixar a tag aberta para quem quiser fazer! E não se esqueçam de me enviar o link para poder ver também, vou adorar! <3

Um beijo e até mais!

***

Acompanhe o Stuck on Them: Facebook | Twitter | Instagram | YouTube ❤

You Might Also Like

Sem comentários

Leave a Reply